Canudos plásticos e seus contratempos com o meio ambiente.

Provavelmente, você leitor nessa mesma semana tem grandes possibilidades de ter usado ou visto alguém com um canudo de plástico. Você nunca se perguntou o que acontece com ele após o uso? Que na maioria das vezes chega a durar poucos minutos...


Acontece que esse mesmo item demora em média 500 anos para se decompor na natureza, sendo que sua estimativa de vida é aproximadamente 10 minutos. Estima-se que nos Estados Unidos diariamente são usados 500 milhões de canudos, uma das principais fontes de distribuição de canudos para a população americana são as grandes redes de fast food, cujo algumas já anunciaram o banimento do item em suas lojas. No Brasil não chegamos a ter um consumo tão elevado quanto o dos americanos, mas os números chegam a ser assustadores também.


Outro dado curioso que nos desperta uma sensação de medo e incerteza é, que se o descarte irregular de plástico continuar ocorrendo, segundo a fundação Ellen MacArthur em 2050 teremos mais plástico do que peixes nos oceanos, isso tido como consequência das 13 milhões de toneladas de plástico que são descartadas anualmente nos oceanos.


Existe uma maneira de mudar essa história, que não é nada impossível. Basta a conscientização de cada um, quando oferecerem um canudo a você, recuse. São pequenas escolhas que fazem a diferença no meio em que vivemos, devemos mudar nossa maneira de consumir, optando por itens menos importantes como podemos usar de exemplo os canudos feitos de inox, ou de papel. E não basta apenas saber consumir, devemos saber descartar, por isso um ponto essencial que deve ser tido como básico, mas de extrema importância está na separação de lixo.


Um dos animais marinhos que teve o maior prejuízo decorrente dos canudos de plástico são as tartarugas. Em um vídeo feito por biólogos eles mostram um processo delicado de extrair um canudo que ficou preso dentro do nariz de uma tartaruga. Imaginem quantas já não foram vítimas de acidentes como esse, é o culpado disso pode ter sido você por fazer uma escolha tão passageira.


Esse é apenas o começo de uma guerra, que ainda está longe de terminar. A batalha contra os canudos já começou, mas não devemos esquecer que outras batalhas devem ser traçadas daqui pra frente.