3 Símbolos que aparecem em embalagens e que talvez você não conheça

A produção visa o consumo e isso não é necessariamente ruim. Digo isso, pois o poder de escolha do consumidor é uma excelente forma de impulsionar o surgimento de produtos de menor impacto ambiental. Afinal, o cliente sempre tem razão, não é mesmo? E o cliente está cada vez mais consciente. Isso faz com que empresas invistam em novas tecnologias e melhoramentos para tornar os seus produtos, de uma forma ou de outra, mais ecológicos. No entanto, para que o consumidor exerça esse importante papel, ele precisa estar ciente das características do item que está adquirindo. Nesse sentido, muitas embalagens estampam símbolos que guardam valiosos significados. O grande problema é que esses significados não são do conhecimento de todos.

Para guiar você em sua próxima compra, nesse artigo vou comentar sobre 3 símbolos que acompanham alguns produtos. Mas antes disso, é sempre bom lembrar do símbolo internacional da reciclagem, o Ciclo de Möbius (aquelas três flechas que formam um triângulo), muito famoso e, quando sozinho, indica que aquele produto ou embalagem é reciclável, ou seja, pode ser submetido ao processo de reciclagem. Lembrando que isso são significa, obrigatoriamente, que o item será efetivamente reciclado. Em alguns casos, o Ciclo de Möbius está acompanhado de um percentual (Figura 01) e esse é o primeiro símbolo não tão conhecido que eu vou apresentar nesse artigo. Trata-se de uma autodeclaração ambiental indicando o mínimo de material reciclado na composição do produto. O uso dessa simbologia, no entanto, é opcional. Por isso, nem todos os produtos feitos com material reciclado irão estampar essa imagem.


A história do segundo símbolo, ou melhor, conjunto de símbolos, começa em 1988, quando a Sociedade da Indústria do Plástico nos Estados Unidos criou o Código de Identificação da Resina, também conhecido como sistema RIC (Figura 02). Originalmente, não foi projetado como uma ferramenta de comunicação com o consumidor, mas para ajudar os trabalhadores da linha de classificação a identificar os tipos de embalagem e reprocessá-los. Utilizada até hoje, a simbologia consiste em números de 1 a 7 estampados dentro do Ciclo de Möbius (olha ele aqui novamente). Cada número indica a resina plástica da qual o produto é feito, com exceção do 7 que representa uma resina diferente das outras seis ou uma composição com mais de uma resina.

O terceiro símbolo desvendado aqui é o Green Dot, ou Ponto Verde em tradução literal (Figura 03), normalmente encontrado em produtos importados da Europa. Ele representa um investimento ($) na recuperação, triagem e reciclagem de embalagens. Quando você o encontrar em alguma embalagem de produto, significa que uma contribuição financeira foi paga para uma organização de recuperação de embalagens qualificada e não significa, necessariamente, que aquela embalagem é reciclável ou foi reciclada. Os direitos de utilização do símbolo na Europa são geridos pela PRO Europe (Organização de Recuperação de Embalagens da Europa) e mais de 400 bilhões de itens são anualmente rotulados com o Green Dot, aumentando as chances de você encontrar ele em bens de consumo, mesmo que o Brasil não tenha adotado o símbolo oficialmente.


O mais interessante é que, muitas vezes, não prestamos atenção aos detalhes de um rótulo ou embalagem, mas eles podem nos contar muito mais do que apenas o prazo de validade ou o preço do produto. Quem sabe, daqui um tempo, ler essas informações seja tão instrutivo quanto ler um livro. Afinal, símbolos também contam histórias.



Figura 01:









Figura 02: